Projetos

Aprendizagem ativa, vivenciada por meio de experiências

A proposta curricular da Trilha está focada nas relações interpessoais e nos projetos. Isso significa uma aprendizagem ativa, vivenciada por meio de experiências, em que as atividades da vida real envolvem as crianças na busca de soluções para seus desafios e problemas do dia a dia e os da comunidade em que estão inseridas, resultando em conhecimentos e em atitudes éticas e solidárias.

O trabalho por projetos é um caminho para ensinar e aprender algo significativo e com sentido. É a melhor forma de desenvolver competências e habilidades, podendo ser aplicada em todas as fases do desenvolvimento da criança. Favorece a integração entre os diversos campos de experiências, pois permite contextualizar os conteúdos à realidade, dando sentido ao aprendizado, motivando as crianças e as levando a se comprometerem com o processo educacional.

Todo projeto sugere mudança e estimula as crianças a pesquisar, pensar, refletir coletivamente, questionar e opinar, orientadas pelo educador, que planeja, após escuta atenta, propõe atividades, provoca inquietações, organiza situações de ensino e aprendizagem, auxilia com recursos e avalia o processo, de acordo com as intenções educativas.

Ao planejar um projeto, alguns aspectos fundamentais precisam são observados pela nossa equipe:

  • Conhecimentos prévios dos alunos
  • Tema de interesse ou situação-problema
  • Autonomia dos alunos para assumir suas tarefas
  • Diferentes recursos e meios auxiliares ao alcance dos alunos
  • Diversos autores e papéis a serem assumidos por professor e alunos
  • Etapas do desenvolvimento do projeto
  • Acesso a diferentes fontes de conhecimento

Na Trilha desenvolvemos Projetos Institucionais, como o Cidadão Mirim e o Pais na Trilha; projetos de sala com temas de interesse de cada turma; projetos referência para cada faixa etária; e projetos de eventos com o objetivo de valorizar a cultura e integrar família e escola. Confiram alguns deles.

Cidadão Mirim

O Projeto Institucional foi iniciado em 2001, como norteador dos demais projetos desenvolvidos na Trilha. Partindo do princípio de que as crianças constroem valores éticos e morais por meio de experiências significativas, desafios, modelos e confrontos vividos em seu processo de socialização e contato com a cultura, elegemos anualmente um tema específico de trabalho, em três vertentes: eu comigo, eu com o outro e eu com o mundo.

Recreação Integral da Trilha

Mais recreação, mais diversão e mais arte. Por meio de uma proposta diferenciada com oficinas de culinária, arte, música, horta e jardinagem, capoeira, teatro, Ioga e muito mais, este projeto oferece horários diferenciados para se adaptar à necessidade das famílias, que podem contratar de um a cinco dias da semana no contraturno do ensino regular. Prioriza a convivência, a criatividade, a curiosidade e o aprender fazendo. Sempre atentos às necessidades de cada faixa etária, como o momento de descanso, alimentação e higiene.

Pais na Trilha

O projeto destinado a pais e educadores na Trilha foi desenvolvido com o objetivo de promover a troca de experiências entre família, escola e educadores para que possam pensar juntos a educação das crianças. Por meio de palestras, rodas de conversa e estudos, criamos um ambiente acolhedor e propício para debates que contribuam para o aprendizado de todos.

Projetos de Sala

Durante todo o ano letivo, inúmeros projetos e sequências didáticas são realizados em todas as turmas, estimulando a pesquisa, o convívio e proporcionando vivências que promovam desenvolvimento integral das crianças. Os temas dos projetos podem surgir a partir da curiosidade e interesse das crianças ou ser propostos pela professora com uma intenção educativa diante de uma necessidade específica. Temas como alimentação, saúde, brincadeiras, animais, diversidade cultural, entre outros, fazem parte das pesquisas no dia a dia de nossas crianças.

Projetos referência por segmento

Nestes projetos elegemos temas para trabalhar necessidades específicas de cada faixa etária, como promover experiências para aumentar a mobilidade motora, desenvolver a linguagem oral e adquirir maior autonomia; ampliar o repertório de experiências alimentares com o objetivo de incentivar uma alimentação saudável; aumentar o repertório de músicas e brincadeiras; estreitar laços socioafetivos, entre outros. Confiram alguns desses projetos:

  • Berçário: Sensações
  • Infantil I: Eu e meu corpo
  • Infantil II: Gostosuras do Infantil II – Alimentação e saúde
  • Infantil III: Brincar, cantar e recitar
  • Infantil IV: Conviver descobrindo o outro: vamos construir a nossa agenda de contatos?
  • Infantil V: Pequenos escritores