Alimentos que devem ser evitados no primeiro ano de vida


Categoria: Artigos
Publicado em:

Juliana Ferreira Garzedin*

Você sabia que alguns alimentos são prejudiciais às crianças no primeiro ano de vida? Veja a lista:

Mel ─ pode estar contaminado por Clostridium botulinum, micro-organismo causador do botulismo.

Clara de ovo ─ por ser rica em proteínas, pode gerar reação alérgica.

Refrigerante ─ é rico em açúcares, corantes e outras substâncias sem valor nutritivo, além de atrapalhar a absorção de cálcio.

Sucos industrializados ─ apresentam muitos conservantes e corantes, o que pode causar alergia, além de conterem menos vitaminas e minerais do que os sucos naturais.

Doces em geral, balas e chocolates ─ os açúcares e os doces tiram a fome e ainda prejudicam o valor calórico das refeições.

Biscoitos recheados ─ possuem muitos conservantes e alto teor de gordura hidrogenada, o que pode provocar alergias, além de obesidade e alterações nas taxas de colesterol e triglicérides.

Embutidos (salsicha, linguiça, mortadela, presunto) – possuem muito sal, gordura e conservantes, o que  pode causar reações alérgicas.

Enlatados e salgadinhos ─ contêm sal em excesso, aditivos e conservantes artificiais, o que pode irritar a mucosa gástrica, comprometendo a digestão e a absorção dos nutrientes, além de apresentarem baixo valor nutritivo.

Alimentos industrializados ─ apresentam muitos conservantes e corantes, o que pode causar alergia.

Frituras ─ contêm gordura em excesso, baixo valor nutricional e contribuem para o desenvolvimento da obesidade.

Café, chá mate e chá preto ─ além do baixo valor nutricional, podem causar irritação da mucosa gástrica e interferir na digestão e absorção dos nutrientes.

Pescados e frutos do mar ─ são muito alergênicos. O ideal oferecê-los à criança após o segundo ano de vida.

Vísceras (fígado) – devido ao risco de toxicidade e ao fato de ser potencialmente alergênico.

Carne de porco ─ alto teor de gordura saturada, além de causar possíveis alergias.

Amendoim ─ pode estar contaminado por micro-organismos causadores de doenças, além de ser potencialmente alergênico.

Tomate e morango ─ devido ao grande risco de contaminação por agrotóxicos.

Farinha de trigo ─ contém glúten, podendo causar intolerância à criança.

O aparelho digestivo e o sistema imunológico da criança nessa idade ainda não estão amadurecidos. Por isso, estes alimentos podem causar alergias alimentares. Portanto, é conveniente que sejam evitados no primeiro ano de vida.

Utilizar o açúcar somente nos sucos de fruta que realmente precisam ser adoçados, como no caso do limão e do maracujá, pois as frutas já contêm açúcar natural. Preferir o açúcar mascavo, por conter mais vitaminas e minerais e ser menos processado que o açúcar cristal ou refinado.

Sugestão: a gelatina comum com sabor, para evitar o consumo de muitos corantes pela criança, pode ser  substituída por suco de fruta natural misturado com a gelatina em pó sem sabor. Outra opção mais natural: existe no mercado uma alga, de nome Agar Agar, que também pode ser misturada ao suco de fruta natural, a qual, depois de ir à geladeira, fica com a consistência semelhante à da gelatina.

*Juliana Ferreira Garzedin é nutricionista na Trilha da Criança